The Casual Vacancy (Morte súbita)


16 agosto 2013


fonte: www

Sempre gostei muito da J.K Rowling e me arrependo de não ter comprado seu novo "romance adulto" mais cedo. Enfim, quis fazer a resenha para mostrar que eu não odiei o livro, como tantas outras pessoas que demonstram isso em resenhas no skoob, afirmando terem lido apenas 30 ou 40 páginas. Quase desisti de ler, mas não me deixei levar, até porque se eu não comprasse esse bendito ficaria superarrependida. Para começar, descordo totalmente das inúmeras críticas negativas vindas até mesmo da imprensa, como a própria autora disse, essa obra não tem absolutamente nada a ver com o universo de fantasia de Harry Potter.

Morte SúbitaQuando Barry FairBrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque.
A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos… Pagford não é o que parece ser à primeira vista.
A vaga deixada por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalisador para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas? Com muito humor negro, instigante e constantemente surpreendente, Morte Súbita é o primeiro livro para adultos de J.K. Rowling, autora de mais de 450 milhões de exemplares vendidos.


É importante ressaltar que: Se você de algum modo espera um livro cheio de aventuras fantásticas, personagens marcantes e mensagens subliminares que ligam a saga Harry Potter, é melhor nem se dar ao trabalho de ler. Eu AMEI Morte Súbita em todos os sentidos, e discordo da maioria das pessoas, não é uma leitura chata e cansativa, pelo contrário. A narrativa é narrada em 3° pessoa e traz o ponto de vista de alguns personagens (fato que eu não achei nem um pouco confuso, nada a ver isso que ficam falando!). A história se desenrola quando nas primeiras páginas, um político importantíssimo e muito querido pelos cidadãos de Pagford, Barry Fairbrother, morre subitamente, deixando sua esposa e 4 filhos. A partir daí é mostrado o ponto de vista da situação pelos mais diferentes personagens, todos de alguma forma ligados a Barry. Então, o leitor passa a descobrir segredos e dramas inimagináveis vividos por pessoas que, de alguma forma, eram vistas como previsíveis e "normais".

A política começa a se sobressair quando um dos líderes do Conselho, Howard, resolve fazer uma votação para eleger o cidadão que ocupará o lugar de Fairbrother, então os interessados começam uma "guerra" para derrubar um ao outro, e as armações para derrubá-los vem até da própria família. J.K também mostrou ao leitor o quanto as pessoas, querendo ou não, são pretensiosas, e, no caso de seus personagens, a maioria, assim que soube da morte de Barry se preocupou apenas em ser o primeiro a avisar aos demais. O conselho de Pagford também tem uma certa rincha, os "pró-fields" e os que detestam fields e não querem se apropriar de um bairro tão miserável. Depois da morte de Barry Fairbrother, os "pró-fields" serão fortemente desfavorecidos.

Saindo um pouco da política, o livro mostra um outro lado ainda mais obscuro e interessante. Krystal Weedon é a adolescente principal de Morte Súbita (pelo menos foi o que eu pude ver), é filha de uma prostituta viciada em heroína e o contato familiar mais próximo que possui é o do seu irmão mais novo, Robbie. Vive com a mãe e o irmão em uma casa caindo aos pedaços num bairro pobre e sujo, tem 16 anos e transa com quem bem entender. É durona, xinga muito e tal, o único adulto que a compreendia era o Barry Fairbrother.

Tem também o Andrew e o Stuart (ou Bola), dois melhores amigos que só querem saber de sexo, drogas e música, filhos de duas famílias completamente diferentes nas quais ambos os pais concorrem a vaga no Conselho de Pagford. De longe, foram os meus personagens preferidos, juntamente com a Krystal e Suckvinder.

J.K Rowling foi genial, o livro me agradou muito mesmo. Morte Súbita é cheio de palavrões, sexo, drogas, prostituição, egoísmo e violência, mas tem a sua beleza. Com certeza é um dos melhores romances adultos que já li, talvez a minha melhor leitura do ano. Recomendaria para qualquer pessoa que procura uma obra habitual, simples e inteligente, uma grande história em um pequeno vilarejo.

Já leram o livro? Gostaram da resenha? Comentem!

9 comentários:

  1. eu sou apaixonada pela por Harry Potter, mas ainda nao li morte súbita. Todo mundo fala que a J.K mudou muito e que nao gostou :c por mais que eu saiba que a proposta do livro é totalmente diferente de HP.

    http://rayneon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. É muito complicado. Graças à mídia e ao Skoob houveram muitas criticas negativas ao livro, e ainda existem aqueles que me dizem para ler. A minha posição é que ainda vou ler e tirar minhas próprias conclusões. ADOREI a postagem! <3

    Feliz Aniversário Acesso Permitido. Dê os parabéns!
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu estou louco pra ler esse livro, sabia?
    A J.K Rowling é uma das minhas escritoras favoritas. Harry Potter ♥

    Nosso Capricho
    apsmass.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sonho com este livro faz tempos, mas o preço dele sempre foi salgado. Por conta das parcerias fiquei longe das livrarias e nem sei se já abaixou o preço, mas sem dúvidas vou ler este livro. Amei sua resenha, só aumentou a minha curiosidade. rs

    Beijos, Thy.
    comoumrefugio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. A resenha ficou ótima! .. mas não achei o livro muito bom não, tipo, a história até que é legal, mas pra quem leu os livros de HP sabe que a JK decepcionou ao escrever Morte Súbita!
    Quando vc começa a ler HP, dá vontade de ler todas as paginas de uma só vez, de tão bom que é,
    mas o Morte súbita não tem isso, é chato de ler, cansativo. Por isso que várias pessoas não gostaram. Se fosse de outra escritora, eu até entenderia, mas cara, é a JK ROWLING! Eu esperava mais desse livro, sinceramente.

    bjos *-*

    ResponderExcluir
  6. Eu já fiz a resenha deste livro e realmente não gostei. Acho que ele ficou assim muito forçado. Não é o estilo da escritora, e isto refletiu-se claramente na sua escrita.

    Ao contrário de muitos que não acabaram,eu fui até à última letra, à espera que que algo mudasse e salvasse o livro,mas realmente não gostei. Muito exagerado. :PP

    Bjs
    Hayanne Deise Lins
    *Profissão Adolescente*
    As inscrições para o sorteio de um livro diretamente de Portugal ainda estão abertas. Clique aqui para participar. :))

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro ler mas não tenho paciência para passar horas na frete de um livro haha
    Mas confesso que esse livro parece ser bem interessante, o ponto que mais me chamou atenção foi a parte das aventuras fantásticas e a referência do Harry Potter *--*
    Beijinhos
    http://www.meninadepalavra.com/

    ResponderExcluir
  8. Nunca li este livro, mas já vi muita gente resenhando-o. Tenho um pouco de curiosidade em relação a ele.

    Beijos,
    posrealidade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu gosto muito de ler, mas nao fui muito com a cara deste livro! rsrs :p

    Beijoss!
    www.paaradateen.com
    www.facebook.com/PAARADATEEN
    www.instagram.com/_luanaamarques

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos. Obrigada e volte sempre! ✌ ♥