O efeito "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain" em minha vida


22 fevereiro 2014



Pintor: "Ela prefere imaginar uma relação com alguém ausente do que criar laços com aqueles que estão presentes." Amelie: "Hummm, pelo contrário. Talvez faça de tudo para arrumar a vida dos outros." Pintor: "E ela? E as suas desordens? Quem vai pôr em ordem?"

Existem filmes com o poder de te fazer chorar, sorrir e refletir, tudo ao mesmo tempo. E ainda tem outros que conseguem te levar para dentro do personagem, e de repente vocês se tornam um só. Independentemente da ocasião, certos filme acabam com a sua redoma de segurança e te levam pra uma corda bamba instável, perigosa e fantástica. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain faz tudo isso e muito mais. Esse foi um dos melhores, se não o melhor e mais sensacional filme que já assisti em toda a minha vida, e me marcou de forma tão maravilhosa que senti a necessidade de falar sobre isso aqui no blog.

Eram exatas 00h:00m quando o Telecine Cult anunciou a programação seguinte. O título apresentado não me era estranho, já aqui provavelmente 1 em cada 2 mulheres já assistiram e comentaram com deus e o mundo. Por isso, terminei de assistir pela 100° vez Um Príncipe em Nova York e dei uma chance para Amélie. Fiquei dando beliscão na minha perna até ás 2 da manhã, e como valeu a pena.


"São tempos difíceis para os sonhadores."

Falando um pouquinho sobre o filme, ele vai contar a história da Amélie, uma menina que desde sempre foi super tímida devido aos acontecimentos de sua vida. Pra começar, ela nunca frequentou a escola e consequentemente nunca brincou com uma criança de sua idade, teve também a morte prematura da mãe ao ser atingida por um suicida que se jogara de uma ponte, e o relacionamento fechado com o pai. Tudo isso fez com que Amélie preferisse viver na fantasia que encarar a realidade.

Quando Amélie cresce e finalmente vai morar sozinha e seu auto sustentar, acontece uma coisa fantástica. Ela acha uma caixa misteriosa em seu apartamento contendo lembranças preciosas da infância de um homem misterioso. A partir daí começa uma jornada frenética de Amélie para achar o senhor e lhe devolver suas lembranças, e se este ficar emocionado e feliz ao ter em mãos sua caixinha, a garota nunca mais deixará de ajudar os outros.


(...)"Então, minha querida Amélie, você não tem ossos de vidro. Pode suportar os baques da vida. Se deixar passar essa chance, então, com o tempo, seu coração ficará tão seco e quebradiço quanto meu esqueleto. então, vá em frente, pelo amor de Deus."

Acho meio impossível uma mulher não se identificar com a Amélie Poulain. Mas alguns fatos fizeram com que eu gostasse ainda mais da história. A protagonista é extremamente tímida, mesmo já adulta, e o relacionamento dela com as outras pessoas ao seu redor é muito interessante, já que essas pessoas na maioria das vezes não a compreende. Amélie tem a mania de se voltar para os pequenos detalhes da vida, como uma mosca que passa zumbindo sob um casal em um filme romântico. Outro pronto que gerou essa identificação, foi o hábito de jogar pedrinhas para aliviar o stress e enfiar os dedos em panelas com caroços (feijões e etc). Sim, totalmente eu!


"Amélie se refugia em um mundo inventado por ela."

Preciso falar também da fotografia. Se passa em Paris, então já viu né? É pra ficar suspirando a cada cena. Se você é do tipo que gosta de inspirações para fotos, vai adorar. A trilha sonora também é de primeira qualidade, com músicas incríveis. Aliás, a maioria dos filmes franceses são tudo de bom.

Amélie acaba ajudando todos a sua volta, o vizinho velho que tem ossos de "vidro", a mulher do balcão da lanchonete em que ela trabalha, o vendedor de legumes com problemas mentais, o pai com o gnomo... Mas acaba se esquecendo de ajudar ela mesma.


"Quando chega a hora, precisa saltar sem hesitar."

Simplificando, se trata da vida de uma jovem tímida com uma mente única e diferente da das outras pessoas que a rodeiam. O mundo todo já assistiu, então você deve saber mais ou menos o que eu quero dizer.  Como é um filme voltado para o público feminino, é óbvio que tem o "príncipe", que na verdade é um homem que trabalha no parque de diversões e em uma loja pornô, os dois, ás suas maneiras, são extremamente parecidos e a forma como um conquista o outro é muito fofinha. 


"Sem você as emoções do amanhã serão apenas pele morta das emoções do passado." (Hipólito)

Terminei com vontade de escrever um livro sobre a Amélie, de encontrar uma caixinha contendo lembranças da infância de algum indivíduo (talvez seja legal fazer uma e esconder por aqui), de achar um amor que tenha os mesmos hábitos estranhos e todas essas coisas. Mas principalmente, me fez enxergar o mundo de outra maneira, com outros olhos, e fazia tempos que um filme não provocava isso em mim.

Uma dica: Assista legendado, pois o francês é lindo demais!

8 comentários:

  1. Meuu, ja vi tanta gente falando desse filme :') quero muito ver!Amei o post, super completo, me deixou com mais vontade ainda de ver.. ja que como você disse, toda mulher se identificaria com ela

    Beijim
    Idiomafashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei totalmente com uma vontade enorme de assistir esse filme. Acho que seria interessante ver a relação da personagem principal com o mundo e como ela trata de todos mas não dela. A primeira quote que puseste no post está perfeito.

    Tenho uma indicação de filme para ti e espero mesmo que o vejas porque ele irá fazer surgir uns sentimentos bem fortes. The ShawShank redemption. Não te irás arrepender, aliás, será dos melhores filmes que já viste
    querosabertudo-k.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do filme, mas olha: ouvir você falar dele me fez gostar mais. Eu vi mês passado e curti bastante. Mas não tinha parado pra pensar no aspecto mais filosófico da coisa. E realmente há um <3 A Amelie é de inspirar mesmo! A fotografia eu tinha reperado (pecado se não, não é? haha), e o clima parisiense me conquistou. Querendo ver mais e mais filmes franceses hehe (Vi uma série esses dias, que eu amei, depois indico no blog hihi <3). Beijão!

    www.garotasdemustache.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sempre que leio sobre este filme, tem algum efeito na vida de quem o comenta. Já tentei assisti-lo, mas achei chatinho. Com certeza tentarei assistir de novo, mas por enquanto não rolou.

    Beijos,
    http://posrealidade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Amiga esse filme deve ser ótimo amei a resenha.
    tenha uma semana abençoada.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  6. Esse filme é lindo, e tô com vontade de ver de novo pra fazer resenha. *o*
    Bjs
    http://www.doceilusao.com/

    ResponderExcluir
  7. Tenho ouvido muito falar deste filme mais ainda não assisti está na minha lista para assistir neste ano.

    Beijos

    blogdagi1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Esse filme é gostoso demais. Assisti nesse mesmo dia e fiquei encantada.

    naoseavexe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos. Obrigada e volte sempre! ✌ ♥